Anotações & Informações | Índice | Fim pág | Voltar |


Correias & Polias VII

| Índice do grupo | Página anterior | Próxima página |

Tópicos: Seleção de Correias - Gráficos de Capacidades | Propriedades de Correias Trapezoidais | Tempos de Vida Útil Usuais para Correias |


1) Seleção de Correias - Gráficos de Capacidades

(Topo | Fim pág)

Correias trapezoidais são fornecidas sob uma série de seções e comprimentos padronizados, que podem ser vistas em catálogos de fabricantes. Para efeito de potência transmitida e considerando o mesmo material, o parâmetro determinante é a seção transversal.

Capacidades para correias trapezoidais comuns
Fig 1-I

A Figura 1-I dá informações para as seções padronizadas A, B, C e D, que são as mais usadas na prática. No eixo horizontal, os valores de rotação se referem à polia menor. O valor de potência em kW deve ser a potência de projeto multiplicada pelo fator de serviço, dado na página anterior.

Capacidades para correias trapezoidais série SP
Fig 1-II

A Figura 1-II apresenta dados para perfis da série SP, mais compactos que os da série anterior. Outros tipos podem ser verificados em catálogos de fabricantes. É comum a opção por várias correias em paralelo. Neste caso, a potência calculada deve ser dividida pelo número delas.


2) Propriedades de Correias Trapezoidais

(Topo | Fim pág)

Tabela 2-I
Símbolo Unid Seção A Seção B Seção C Seção D
K N 3216 5535 9842 20080
Kel N m 23,9 62,7 174,4 618,5
Lref m 1,717 2,266 3,653 6,112
m - 11,11 11,11 11,11 11,11
μsin β - 0,512 0,512 0,512 0,512
ρ kg/m 0,0968 0,167 0,296 0,604
Símbolo Unid Seção SPZ Seção SPA Seção SPB Seção SPC
K N 3730 6235 9057 16585
Kel N m 34,0 87,5 182,0 555,1
Lref m 1,592 2,278 3,204 5,070
m - 12,8 13,0 13,4 13,8
μsin β - 0,512 0,512 0,512 0,512
ρ kg/m 0,0728 0,129 0,204 0,412

Os símbolos referem-se a grandezas características usadas nas fórmulas apresentadas em páginas anteriores desta série.


3) Tempos de Vida Útil Usuais para Correias

(Topo | Fim pág)

Tabela 3-I
Aplicação Equipamentos / condições de operação Tempo em 103 horas
Agrícola Estacionários, operação contínua 6 a 12
  Estacionários, operação intermitente 2 a 6
  Móveis (máquinas de colheita, etc) 0,5 a 1
Automotiva Automóveis e utilitários 1 a 3
  Caminhões, ônibus, tratores 5 a 10
Doméstica Ar condicionado, ventilação 5 a 10
  Ferramentas manuais, máquinas de costura 0,2 a 1
  Máquinas de lavar, secadoras 1,5 a 2
Industrial Operação contínua 12 a 25
  Operação intermitente 6 a 12
  Escritório, ferramentas manuais 8 a 20
Referências
Beer, F. P. Johnston, E. R. Vector Mechanics for Engineers. McGraw-Hill, 1962.
Bouché, Ch. Leitner, A. Sans, F. Dubbel - Manual da Construção de Máquinas. São Paulo: Hemus, 1979.
Faires, V. M. Elementos Orgânicos de Máquinas. Rio, Livros Técnicos, 1976.
Giek, Kurt. Manual de Fórmulas Técnicas. São Paulo: Hemus.

Topo | Rev: Ago/2018